Visitantes... Bem-vindos!!!

4 de setembro de 2008

Aprendendo a Lidar com Autoridade


Se já fomos feridos por figuras de autoridade, ou se discordamos delas, é nossa responsabilidade orar antes de confrontá-las. Se após termos orado ainda não compreendermos a decisão que tomaram, devemos então pedir-lhes que as esclareçam, que nos façam entender o seu ponto de vista. Podemos ter a liberdade de discordar de uma pessoa investida de liderança, mas precisamos tomar o cuidado de não permitir que esse desacordo influencie a nossa atitude para com ela. Podemos discordar sem tornar-nos juízes e sem quebrar a comunhão. Não é preciso que a desunião domine por causa do desacordo. O desacordo construtivo é sadio. Mas, quando o desacordo abre caminho para as críticas ou o julgamento, pode ocorrer a divisão. Todos os problemas de desunião podem ser resolvidos mediante maior humildade e perdão. Deus está interessado na atitude que abrigamos no coração e também em ajudar-nos a crescer, sendo abertos e honestos a respeito das nossas emoções.
(Transcrito do livro O Imensurável Amor de Deus - Floyd McClung, Jr.)

2 comentários:

Renata disse...

Querida Pastora Anna Paula,

Fico feliz por mais uma realização, que será canal de benção na vida de muita gente. O que está escrito é a mais pura realidade. Deus não quer a desunião e Ele já nos fez diferentes uns dos outros para aprendermos com essas diferenças e crescermos. Deus quer usar a todos; todos nós temos dons e talentos diferentes para serem repartidos.
Vejo o seu crescimento e fico feliz com isso; mais ainda pois estou ao seu lado e crescendo juntas. Pode contar comigo sempre! Beijos da sua discípula que te ama,
Renata

Anna Paula Mendes disse...

Fiquei feliz "de mais da conta" por vir de uma discípula tão amada a primeira participação neste blog. Renata tem um coração manso e aliançado com Deus, com o Reino, com nossa Igreja Sara Nossa Terra e comigo. Sou grata por isso!
Espero que ela e que mais e mais pessoas possam estar participando ativamente deste espaço, postando textos e idéias que edifiquem e abençõem os leitores.
Abs,
Anna Paula Mendes (pra.)